anuncie aqui
Lar um novo tempo

Homem sobe em carro para evitar que ve√≠culo seja levado durante chuvas em João Pessoa: 'Só deu tempo salvar as vidas'

Homem teve a casa alagada pelas fortes chuvas que atingiram a capital paraibana, e teve que alojar a família em outro local.

Por J1 em 28/05/2024 às 17:09:16

O pintor Antônio Robson Nogueira, conhecido como Tony, subiu no próprio carro, que estava quase submerso, após alagamento no bairro do Esplanada, em João Pessoa. Um vizinho registrou a imagem do homem sentado em cima do veículo, enquanto a chuva continuava caindo. Nesta terça-feira (28), a capital paraibana enfrenta chuvas fortes, que representam quase metade do volume previsto para maio.

"O rapaz disse que ia encher tudo, que a √°gua ia levar o carro. Eu subi em cima pra fazer peso. Peso não fez, porque j√° estava cheio d"√°gua. Meu medo era o carro sair andando na lama", afirmou o pintor.

Tony explica que estava dormindo, quando os vizinhos bateram na porta chamando a família. O pintor relembra que a √°gua j√° estava acima do tornozelo e começou a retirar a família da resid√™ncia antes que a √°gua subisse. "Só deu tempo de salvar as vidas mesmo, o resto j√° era", afirmou.

Tony Nogueira não terminou de pagar de carro que quase ficou submerso em alagamento — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Tony Nogueira não terminou de pagar de carro que quase ficou submerso em alagamento — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Segundo ele, estavam na casa sua esposa, quatro filhos, uma enteada, a sogra e tr√™s cachorros. O homem ainda relembra que se juntou com os vizinhos para salvar os cachorros das casas próximas, que estavam presos e sem os tutores.

Enquanto a família dele se alojou em outra casa próxima, o pintor conseguiu retirar o carro do sogro do alagamento, mas quando retornou não foi possível salvar o próprio carro.

"Eu nem paguei tudo, dei uma parte e ainda estou devendo o resto. Agora vou ter que arrumar dinheiro para consertar", afirma o pintor, que nem sabe ainda se o carro est√° em condições de ligar.

A TV Cabo Branco registrou as perdas do pintor após o alagamento. De acordo com Tony, a √°gua começou a entrar até pelo ralo do chuveiro e pela privada. Quando a equipe de reportagem chegou ao local, a √°gua ainda não havia descido completamente, a geladeira estava alagada e as roupas dentro de sacolas em cima do sof√° para não molhar.

Ele relembrou que uma vizinha alertou que a região costuma alagar em época de chuva, mas ele acreditava que as barreiras construídas na casa seriam suficientes para evitar o alagamento.

Roupas da família de Tony Nogueira foram colocadas em sacos após alagamento — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Roupas da família de Tony Nogueira foram colocadas em sacos após alagamento — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

√Āgua continuava alagou a casa de Tony Nogueira — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

√Āgua continuava alagou a casa de Tony Nogueira — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

'O problema j√° é antigo', diz morador

O presidente da Associação dos Moradores do Esplanada, Josélio Costa, afirmou que "o problema j√° é antigo" no bairro. Ainda de acordo com ele, a √°gua de outros bairros e empreendimentos escorre para o bairro e a galeria pluvial não suporta o volume de √°gua.

Apesar de uma obra estar acontecendo na região para ampliar a galeria pluvial do bairro, Josélio reclama que o ritmo da construção segue lento.

A Secretaria de Infraestrutura afirmou ao g1 que estão realizando obra de drenagem no Esplanada, mas vai precisar de uma travessia e estão aguardando uma autorização do DNIT para dar continuidade à construição e concluir.

Chuvas em João Pessoa

Alagamento no cruzamento entre as avenidas Dom Pedro II e Coremas, no Centro de João Pessoa — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

Alagamento no cruzamento entre as avenidas Dom Pedro II e Coremas, no Centro de João Pessoa — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

João Pessoa registrou 125 milímetros de chuva em 12 horas, de acordo com dados da Ag√™ncia Executiva de Gestão das √Āguas (Aesa-PB), quase metade da média histórica prevista para o m√™s, de 282 mm.

Por conta do alto volume de precipitação, pelo menos 10 pontos da cidade tiveram bloqueio no trânsito no período da manhã, de acordo com a Superintend√™ncia Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP). São √°reas da cidade em que o acúmulo de √°gua impediu a passagem de veículos Além disso, ao menos cinco sem√°foros apresentaram problemas na capital.


De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o maior registro de chuvas aconteceu no Altiplano (111,4 mm de chuva), seguido por Manaíra (107,4 mm de chuva), Cui√° (107,4 mm de chuva), Cristo Redentor (99,6 mm de chuva), Tambauzinho (92,6 mm de chuva), Centro (89,8 mm de chuva) e Grotão (81,2 mm de chuva).

Fonte: Da Redação

Comunicar erro
Radio Plenitude de Deus

Coment√°rios

Banner governo